INTRODUÇÃO À ESPECIALIDADE


A Cirurgia Pediátrica é a área da cirurgia que trabalha com crianças. Este setor existe porque as cirurgias em crianças são bastante diferentes das que os cirurgiões de adultos estão habituados a praticar diariamente. Ao contrário do que se pensa, as cirurgias em pacientes infantis ou adolescentes têm características próprias, desde o período que antecede o nascimento até a adolescência, e não são simples intervenções em adultos em miniaturas. Além de que a psicologia da criança e a interpretação da doença pediátrica são diferentes do adulto.
A Cirurgia Pediátrica abrange diversos campos, cada um contando com suas particularidades:
Pré-natal – Período que engloba toda a gravidez, quando são feitos exames para verificar se o bebê está se desenvolvendo de forma ideal.
Neonatal – Fase de tratamento ao recém-nascido até os 28 dias de idade, cuidando de bebês prematuros ou a termo.
Urologia Pediátrica – Os casos mais frequentes nos quais os cirurgiões pediátricos atuam são relativos a malformações e doenças nos órgãos genitais e urinários.
Trauma – É um dos principais motivos de morte de crianças e adolescentes em todo o mundo, e os cirurgiões pediátricos estão preparados para lidar com a maioria das situações traumáticas.
Oncologia Pediátrica – Muitas crianças acabam desenvolvendo tumores, sejam eles benignos ou malignos. O cirurgião pediátrico tem a função de realizar o tratamento cirúrgico mais eficaz para a criança.
Quando seu filho ou filha necessita tratamento médico, você sempre deseja que ele tenha acesso ao melhor possível.
Agora, imagine quando o diagnóstico necessita de um tratamento cirúrgico. Para isso que existe o Cirurgião Pediátrico!